ATENÇÃO

AO CLICAR EM DOWNLOAD, PODE ACONTECER DE ABRIR UMA PÁGINA PEDINDO PARA CADASTRAR SEU CELULAR PARA LIBERAR O DOWNLOAD.

CASO ACONTEÇA, RECARREGUE A PÁGINA E CLIQUE EM "DOWNLOAD" NOVAMENTE.

NA NOVA PÁGINA QUE ABRIR É SÓ ESPERAR 5 SEGUNDOS.

Veja outros presentes disponíveis na Zazzle.

Download - Show - Beyoncé - Rock In Rio (2013)

Beyoncé encerrou a noite do dia 13 no Palco Mundo do Rock in Rio com uma megaprodução pop de roteiro muito bem definido e irretocável. O espaço para improvisos é quase inexistente durante a uma hora e meia de show, mas a cantora norte-americana, perto do final, fez uma homenagem surpresa ao Rio ao encarnar uma funkeira em cima do palco e citar um trecho de "Ah lelek lek lek lek lek".

O espetáculo lança mão de vídeos superproduzidos no telão, que dão clima de "clipe ao vivo" e muitas trocas de figurinos, todos ressaltando as poses e os movimento sensuais da cantora. É parte da The Mrs. Carter Show World Tour - uma referência ao marido Shawn Carter, o rapper Jay-Z - iniciada oficialmente em abril na Sérvia e com bilheteria de dezenas de milhões de dólares até agora.

A apresentação começa com o vídeo em que Beyoncé interpreta uma espécie de Maria Antonieta, a rainha francesa que simboliza o máximo da ideia de aristocracia (aqui, o reinado pop formado por ela e Jay-Z).

"Run the world", a música escolhida para começar o show, diz no refrão que as garotas conduzem o mundo - embora, ironicamente, Beyoncé apareça  vinculada ao nome de um homem nesta turnê. A cantora surge no palco com figurino perolado, de cara séria e poses ensaiadas, e começa a saciar a vontade do público.

"If I were a boy" (que usa a melodia de "Bittersweet symphony", composta por Mick Jagger e Keith Richards e tornada famosa pelo The Verve) tem a primeira troca de roupa de Beyoncé - e ela passa de cinco durante a noite. Há gelo seco no palco, jogo de sombras, em mais um lance da superprodução bem planejada.

Beyoncé começa a abrir mais espaço para espontaneidade quando diz ao público sobre "suas lindas faces. É como um sonho estar em frente a vocês." Mais tarde no show, em outro dos momentos de contato com a plateia que consegue fugir do roteiro bem planejado, ela também mandaria beijo e daria parabéns para alguém que segurava um cartaz na grade.

Em meio a "Baby boy", ocorre a primeira participação com mais destaque da Suga Mama Band, um octeto só de mulheres. Beyoncé ainda é acompanhada pelas backing vocals das The Mamas e mais oito dançarinas - que são o principal suporte para Beyoncé em cima do palco.

O final dá mais destaque aos atributos vocais do que aos físicos da norte-americanas. O silêncio é quase absoluto para ouvi-la cantar um trecho de "I will always love you", famosa na voz de Whitney Houston, emendada a "Halo", famosa balada do seu repertório.

Mas a surpresa final é com a citação ao funk "Ah lelek lek lek lek lek" e uma coreografia em que ela faz passos de funk. E chega mais perto do público, protegida por seguranças, mas finalmente quebrando o esquema bem planejado de sua superprodução. Ganhou o público do Rock in Rio.

 

Tamanho total compactado: 1,67 GB

Formato: RAR / MP4

Taxa de bits: 2 644 Kbps

Resolução: 1280x720 (16:9)

Duração: 1h 30mn

Hospedagem: DepositFiles

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...