ATENÇÃO

AO CLICAR EM DOWNLOAD, PODE ACONTECER DE ABRIR UMA PÁGINA PEDINDO PARA CADASTRAR SEU CELULAR PARA LIBERAR O DOWNLOAD.

CASO ACONTEÇA, RECARREGUE A PÁGINA E CLIQUE EM "DOWNLOAD" NOVAMENTE.

NA NOVA PÁGINA QUE ABRIR É SÓ ESPERAR 5 SEGUNDOS.

Veja outros presentes disponíveis na Zazzle.

Download - CD - Kid Abelha - Tomate (1987)

Tomate é o terceiro álbum de estúdio da banda brasileira de pop rock Kid Abelha e Os Abóboras Selvagens, posteriormente conhecidos apenas como Kid Abelha, lançado originalmente em 1987 pela Warner Music. Foi o primeiro trabalho sem Leoni, principal compositor do grupo, sendo que as letras passaram a serem criadas por Paula Toller e George Israel. O álbum vendeu certa de 100 mil cópias, sendo disco de ouro pela ABPD, extraindo canções de sucesso como "Amanhã é 23" e "No Meio da Rua".

Gravado a partir de 27 de setembro de 1986, o álbum teve a produção pela terceira vez de Liminha, além de Paulo Junqueiro, conhecido por trabalhar com as maiores bandas de rock da época como Titãs, Barão Vermelho, Ultraje a Rigor e Plebe Rude. A sonoridade rock e pop rock do grupo foi expandida, trazendo arranjos de funk rock estadunidense e tons dançantes feitos por Nilo Romero, além de um saxofone mais marcado de George Israel. A temática do álbum amadureceu, tendo como foco principal o amor, variando por um drama familiar em "Amanhã é 23", que por uma das primeiras vezes foge da primeira pessoa, e "No Meio da Rua", que joga entre fantasia e realidade. O título do disco e da canção com mesmo nome são inspirados em um poema de Murilo Mendes, "Tomate (Da Crítica de Arte)", que fala sobre um crítico que analisa tanto um tomate que acaba vendo-o apodrecer.

A saída de Leoni deu-se após diversas brigas geradas quando Léo Jaime convidou todos os integrantes do Kid Abelha para um show, menos Leoni.

"O Kid Abelha funcionava com o Leoni compondo sozinho no violão e a gente fazendo o arranjo depois. Ele saiu e nós nos unimos para realizar um trabalho novo. Valeu pelo grupo continuar existindo".

— Paula Toller sobre os novos rumos do grupo.

Foi o último álbum com o baterista Claudinho Infante, que deixou o grupo após desentendimentos, sendo também o último trabalho com o sufixo "e Os Abóboras Selvagens". Com a nova fase do grupo outra mudança deu-se ao figurino de Paula Toller, que deixou de usar roupas estilizadas masculinas para começar a se vestir sensualmente, passando a ser conhecida como sex symbol no Brasil.

A Folha de S. Paulo fez duras críticas negativas ao álbum ao declarar que a banda "tentou uma maior sofisticação sonora. Ficou na tentativa". Sobre as composições, o jornal diz que as letras não convencem e sentem a falta de Leoni, classificando o disco como fraco. Em positivo a Folha de S. Paulo destaca as faixas "No Meio da Rua" e "Amanhã é 23" como as únicas boas do trabalho. Sobre os integrantes ainda diz:

"Não há nada que destaque a participação do guitarrista Bruno Fortunato; e o baterista Cláudio Infante já mostrou melhor serviço acompanhando Lulu Santos. Quanto a Paula Toller, não há muito o que dizer. Ela tem voz pequena e desafina, é verdade, mas a garota parece ter fãs e depreciadores na mesma proporção".

 

Faixas

1. Me Deixa Falar

2. Eu Preciso

3. No Meio da Rua

4. Dança

5. Tomate

6. Leão

7. Mais Louco

8. Amanhã é 23

 

Tamanho: 35,6 MB

Formato: ZIP / MP3

Taxa de bits: 128 Kbps

Gênero: Pop rock

Hospedagem: FileFactory

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...