ATENÇÃO

AO CLICAR EM DOWNLOAD, PODE ACONTECER DE ABRIR UMA PÁGINA PEDINDO PARA CADASTRAR SEU CELULAR PARA LIBERAR O DOWNLOAD.

CASO ACONTEÇA, RECARREGUE A PÁGINA E CLIQUE EM "DOWNLOAD" NOVAMENTE.

NA NOVA PÁGINA QUE ABRIR É SÓ ESPERAR 5 SEGUNDOS.

Download - CD + Bastidores de gravação - Ira! - Invisível DJ (2007)

Invisível DJ é o último álbum da banda de rock brasileira Ira!. É o primeiro disco de inéditas, desde Entre Seus Rins, de 2001, e foi lançado após o grande sucesso do Acústico MTV Ira!, de 2004.

O disco que comemora os 25 anos da banda, foi produzido por Rick Bonadio, e logo após seu lançamento ganhou um DVD, com os bastidores da gravação do álbum.

O primeiro single deste disco foi "Eu vou tentar", composta por Rodrigo Koala, integrante da banda Hateen, ganhou um clipe dirigido pelo ator Selton Mello, e foi o grande carro-chefe deste álbum. Uma balada de refrão grudento, que serviu de ponte entre os antigos fãs, e os novos, acolhidos pós-acústico. Logo em seguida, foi a vez de "Mariana foi pro mar", uma canção folk, que conta a história de uma mulher abandonada pelo marido, a virar clipe.

Por quê "Invisível DJ" e a mosca na capa

Além de ser a faixa-título do álbum, é uma metáfora para algo que conduz a vida, pode ser Deus, pode ser algo que te guie. Como um DJ na vida. Também remete ao poder da música, que vive dentro de cada um, e faz a trilha sonora de todos os momentos da vida das pessoas. Nas palavras de Nasi, "A mosca pode significar o poder invisível da música de penetrar a gente."

 

Fim da banda

Após o início da turnê "Invisível DJ" deu-se o desentendimento do ex-vocalista Nasi com seu irmão e também empresário do Ira!, que lhe causou a sua retirada da banda, após 26 anos de estrada. A partir de então, Edgard Scandurra assumiu os vocais da banda, cumprindo os compromissos já agendados, e parando para férias em 2008, para, um ano após, voltar com uma nova banda, formada pelos três integrantes remanescentes. Provisoriamente, o nome desta banda seria O Trio.

Em fevereiro de 2008, o baterista André Jung anunciou que a banda não voltaria mais a tocar junta, decretando assim o fim derradeiro da banda.

Com isso os ex-integrantes do Ira! assumiram totalmente seus projetos, até então, paralelos. Nasi, seguiu em carreira solo e lançou três álbuns, um DVD e sua biografia A Ira de Nasi, escrita pelos jornalistas Mauro Beting e Alexandre Petillo e publicada em meados de 2012. Frequentemente faz participações em shows de outras bandas e especiais. Edgard Scandurra lançou seu DVD Ao Vivo, é guitarrista das cantoras Bárbara Eugênia e Karina Buhr, faz parte da banda de apoio de Arnaldo Antunes, retomou a banda Smack - outra banda que fez parte no início dos anos 80, além dos projetos Les Provocateurs, Pequeno Cidadão, A Curva da Cintura, ao lado de Arnaldo e o músico de MaliToumani Diabaté e participa de shows da banda Cidadão Instigado. André Jung toca na banda F.A.U.T., ao lado de João Gordo, tem o projeto Urban ToTem, e é produtor de bandas novas do pop/rock nacional como Stevens e Manu Gavassi. Gaspa retomou a banda Gaspa & Os Alquimistas e gravou seu 1º álbum solo intitulado Gaspa The Bass Player, com as participações especiais de Marcelo Nova e Wander Wildner.

No dia 27 de junho de 2012, Nasi e Airton Valadão Júnior, irmão do cantor e ex-empresário da banda, anunciaram à imprensa uma reconciliação após cinco anos de brigas públicas e judiciais. Os irmãos pretendem encerrar os processos que moviam um contra o outro e a marca Ira!, que pertencia a Júnior, voltará para Nasi. A volta da banda aos palcos não foi anunciada. No inicio do ano, em sua página no Facebook e no seu Blog, o vocalista disse que não queria voltar com o grupo, mas estava disposto a retomar a amizade com Edgard Scandurra.

A Volta

Em meados de 2013, a amizade entre Nasi e Edgard Scandurra foi retomada. A reconciliação foi celebrada em um show beneficente realizado em 30 de outubro do mesmo ano, no Espaço Traffô, localizado no bairro da Vila Olímpia, em São Paulo. O evento contou com a participação especial de Paulo Ricardo, Arnaldo Antunes, do trompetista Guizado, além de uma banda de apoio formada pelo multi instrumentista Johnny Boy, nos teclados, Daniel Scandurra, filho de Edgard, no baixo, e Felipe Maia na bateria. A renda do evento foi revertida para a Escola NANE, especializada em crianças com dificuldade de aprendizado. Após esse show, surgiu a possibilidade de um retorno definitivo aos palcos.

E, depois de um recesso de 7 anos, o Ira! está de volta. O guitarrista Edgard Scandurra e o vocalista Nasi retomaram os ensaios em Março e já têm vários shows marcados.

Os fãs, ávidos por ver a banda mais emblemática de São Paulo, irão ao delírio com esse reencontro, que parecia improvável tempos atrás. O Ira!, sedento pelo palco e saudoso do público que os acompanhou por tantos tempo, promete um show inesquecível na retomada dessa história que começou há 34 anos, quando Scandurra e Nasi fundaram o Ira!.

A ideia é voltar aos palcos tocando os clássicos do Ira! e compor novas canções. Integram a banda os músicos Daniel Rocha (baixo), Evaristo Pádua (bateria) e Johnny Boy (teclados).

No repertório, clássicos absolutos como “Flores em Você”, “Dias de Luta”, “Nucleo Base”, “Tolices”, “Envelheço na Cidade”, “Eu Quero Sempre Mais”, “Tarde Vazia” e “O Girassol”.

 

Faixas

1. Invisível DJ

2. Sem Saber pra Onde Ir

3. Eu Vou Tentar

4. Mariana Foi pro Mar

5. Não Basta o Perdão

6. Culto de Amor (Presente no disco solo de Edgard Scandurra, Amigos Invisíveis, lançado em 1990.)

7. Feito Gente (Regravação de Walter Franco.Lançada originalmente no LP Revólver de Walter Franco em1975.)

8. Tudo de Mim

9. No Universo dos Seus Olhos

10. A Saga

11. O Candidato

12. La Luna Llena

 

Tamanho: 190 MB

Formato: ZIP / MP3 e MP4

Taxa de bits: 128 Kbps / 415 Kbps

Resolução: 480x360 (4:3)

Duração: 50mn 34s

Gênero: Rock

Hospedagem: FileFactory

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...